Estudando Línguas e Temas Diversos


Visite o Canal Estudando Línguas e Temas Diversos (Powered Leco) e assista nossas videoaulas


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Desidério Murcho - Traduções

Livros traduzidos

  1. Conhecimento de Deus, de Alvin Plantinga e Michael Tooley. São Paulo: Edições Vida Nova, 2014, 336 pp.
  2. Deus, a Liberdade e o Mal, de Alvin Plantinga. São Paulo: Edições Vida Nova, 2012, 144 pp.
  3. O Sentido na Vida e por que Razão é Importante, de Susan Wolf. Lisboa: Bizâncio, 2011, 192 pp.
  4. Um Mundo Sem Deus: Ensaios Sobre o Ateísmo, dir. de Michael Martin. Lisboa: Edições 70, 2010, 426 pp.
  5. Dicionário de Filosofia, dir. de Thomas Mautner. Co-tradução com Vítor Guerreiro e Sérgio Miranda. Lisboa: Edições 70, 2010, 784 pp.
  6. Palavra e Objeto, de W. v. O. Quine. Co-tradução com Sofia Stein. Petrópolis: Vozes, 2010, 368 pp.
  7. Os Problemas da Filosofia, de Bertrand Russell. Lisboa: Edições 70, 2008, 232 pp.
  8. Por Que Escrevo e Outros Ensaios, de George Orwell. Lisboa: Antígona, 2008, 154 pp.
  9. O Que é a Arte?, org. de Carmo d'Orey. Co-tradução. Lisboa: Dinalivro, 2007, 138 pp.
  10. Linguagens da Arte: Uma Abordagem a uma Teoria dos Símbolos, de Nelson Goodman. Co-tradução. Lisboa: Gradiva, 2006, 288 pp.
  11. Pense: Uma Introdução à Filosofia, de Simon Blackburn. Co-tradução. Lisboa: Gradiva, 2001, 320 pp.
  12. A Última Palavra, de Thomas Nagel. Lisboa: Gradiva, 1999, 182 pp.
  13. História Concisa da Filosofia Ocidental, de Sir Anthony Kenny. Co-tradução. Lisboa: Temas & Debates, 1999, 460 pp.
  14. Lógica: Um Curso Introdutório, de W. H. Newton-Smith. Lisboa: Gradiva, 1998, 265 pp.
  15. Elementos Básicos de Filosofia, de Nigel Warburton. Co-tradução. Lisboa: Gradiva, 1998, 2007, 284 pp.
  16. Será Que Deus Existe?, de Richard Swinburne. Co-tradução. Lisboa: Gradiva, 1998, 163 pp.
  17. A Filosofia da Física, de Lawrence Sklar. Co-tradução inédita.
  18. Dicionário Oxford de Filosofia, de Simon Blackburn. Co-tradução. Lisboa: Gradiva, 1997, 487 pp.; Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997, 448 pp.
  19. Mente, Homem e Máquina, de Paul T. Sagal. Lisboa: Gradiva, 1996, 92 pp.
  20. A Arte de Argumentar, de Anthony Weston. Lisboa: Gradiva, 1996, 145 pp.
  21. O Especialista Instantâneo em Filosofia, de Jim Hankinson. Lisboa: Público/Gradiva, 1996.

Traduções revistas

  1. Pensar de A a Z, de Nigel Warburton. Lisboa: Bizâncio, 2012, 240 pp.
  2. Uma Pequena História da Filosofia, de Nigel Warburton. Lisboa: Edições 70, 2012, 220 pp.
  3. Introdução à Filosofia da Religião, de William L. Rowe. Lisboa: Verbo, 2011, 304 pp.
  4. Enigmas da Existência: Uma Visita Guiada à Metafísica, de Earl Conee e Theodore Sider. Lisboa: Bizâncio, 2010, 272 pp.
  5. Introdução à Estética, de George Dickie. Lisboa: Bizâncio, 2008, 276 pp.
  6. A Lógica dos Verdadeiros Argumentos, de Alec Ficher. São Paulo: Editora Novo Conceito, 2008, 332 pp.
  7. Santo Agostinho, de Gareth B. Matthews. Lisboa: Edições 70, 2008, 244 pp.
  8. O Que é a Arte?, de Nigel Warburton. Lisboa: Bizâncio, 2007, 186 pp.
  9. Terrorismo, Direitos Humanos e a Apologia do Governo Mundial, de Louis P. Pojman. Lisboa: Bizâncio, 2007, 176 pp.
  10. Como se Faz um Filósofo, de Colin McGinn. Lisboa: Bizâncio, 2007, 252 pp.
  11. Sobre a Liberdade, de John Stuart Mill. Lisboa: Edições 70, 2006, 195 pp.
  12. Sabedoria sem Respostas: Uma Breve Introdução à Filosofia, de Daniel Kolak e Raymond Martin. Lisboa: Temas & Debates, 2004, 219 pp.
  13. Introdução à Filosofia Política, de Jonathan Wolff. Lisboa: Gradiva, 2004, 312 pp.
  14. Um só Mundo: A Ética da Globalização, de Peter Singer. Lisboa: Gradiva, 2004, 284 pp.
  15. Elementos de Filosofia Moral, de James Rachels. Lisboa: Gradiva, 2004, 316 pp.
  16. O Significado das Coisas, de A. C. Grayling. Lisboa: Gradiva, 2003, 244 pp.
  17. Lógica, de Graham Priest. Lisboa: Temas & Debates, 2002, 138 pp.
  18. Ética Prática, de Peter Singer. Lisboa: Gradiva, 2000, 411 pp.
  19. Que Quer Dizer Tudo Isto?, de Thomas Nagel. Lisboa: Gradiva, 1995, 92 pp.

Artigos traduzidos

  1. A Teoria de Tudo, de David Deutsch. Crítica, 12 de Fevereiro de 2012.
  2. Fazendo a Ponte Entre a Divisão Analítico-Continental, de Gary Gutting. Crítica, 29 de Fevereiro de 2012.
  3. Má Filosofia Analítica, de Pascal Engel. Crítica, 27 de Fevereiro de 2012.
  4. Religião e Ciência, de Alvin Plantinga. Crítica, 14 de Agosto de 2011.
  5. Anti-Excepcionalismo em Filosofia, de Timothy Williamson. Crítica, 20 de Fevereiro de 2011.
  6. A Definição da Arte, de Kathleen Stock. Crítica, 16 de Agosto de 2010.
  7. Problemas da Estética, de Jenefer Robinson. Crítica, 18 de Maio de 2010.
  8. Viver Bem: A Ética de Aristóteles, de Christopher Shields. Crítica, 25 de Janeiro de 2010.
  9. Uma Nova Maneira de Explicar a Explicação, de David Deutsch. Crítica, 3 de Fevereiro de 2010.
  10. Definições: Disjunção Significa Disfunção?, de Justine Kingsbury e Jonathan McKeown-Green. Crítica, 7 de Fevereiro de 2010.
  11. Nietzsche Sobre a Lógica, de Steven D. Hales. Crítica, 21 de Dezembro de 2010.
  12. Filosofia da Filosofia, de Timothy Williamson. Crítica, 22 de Maio de 2010.
  13. Recensão de Words and Things, de Bertrand Russell. Crítica, 23 de Março de 2010.
  14. Em Busca da Excelência, de Algis Valiunas. Crítica, 13 de Novembro de 2010.
  15. O Direito de ser Técnico, de Sven Ove Hansson. Crítica, 27 de Novembro de 2010.
  16. O Que é a Ciência?, de George Orwell. Crítica, 27 de Janeiro de 2010.
  17. Podes os Socialistas ser Felizes?, de George Orwell. Crítica, 8 de Maio de 2010.
  18. Como Sei Que a Terra é Redonda?, de George Orwell. Crítica, 23 de Dezembro de 2009.
  19. A Poética, Estética e Filosofia da Narrativa, de Noël Carroll. Crítica, 10 de Abril de 2009.
  20. Os Princípios da Arte, de R. G. Collingwood. Crítica, 15 de Abril de 2009.
  21. Eudemonia, de Scott Carson. Crítica, 9 de Janeiro de 2009.
  22. Os Sentidos das Vidas, de Susan Wolf. Crítica, 22 de Março de 2009.
  23. O Que é a Ontologia?, de Alasdair MacIntyre e Keith Campbell. Crítica, 16 de Novembro de 2009.
  24. Filosofia da Literatura, de Peter Lamarque. Crítica, 10 de Junho de 2008.
  25. Objectividade, de Peter van Inwagen. Crítica, 23 de Janeiro de 2008.
  26. Carta a Meneceu, de Epicuro. Crítica, 18 de Março de 2008.
  27. Sartre e o Anti-semitismo, de George Orwell. Crítica, 27 de Outubro de 2008.
  28. A Priori, Necessário e Analítico, de Saul Kripke. Crítica, 19 de Julho de 2007.
  29. O Direito de Ridicularizar, de Ronald Dworkin. Crítica, 19 de Março de 2006.
  30. Acção, de Jennifer Hornsby. Crítica, 31 de Janeiro de 2006.
  31. Pré-requisitos da Filosofia, de John Wilson. Crítica, 24 de Novembro de 2006.
  32. A Estrutura e o Conteúdo da Verdade, de Donald Davidson. Crítica, 29 de Novembro de 2005.
  33. A Filosofia no Ensino Secundário, de Nigel Warburton. Crítica, 7 de Dezembro de 2005.
  34. A Ética da Prática Filosófica, de R. W. Hepburn. Crítica, 20 de Agosto de 2004.
  35. O Puzzle da Ética, de Peter Singer. Crítica, 2004.
  36. O Que é um Dilema Moral?, de Walter Sinnott-Armstrong. Crítica, 2004.
  37. Teorias Sobre a Ética, de Hugh LaFollette. Crítica, 5 de Março de 2004.
  38. Recensão de O Poder, de George Orwell. Crítica, 30 de Novembro de 2004.
  39. Absurdo, Humor e Filosofia, de D. H. Mellor. Crítica, 8 de Agosto de 2004.
  40. A Filosofia como Disciplina Unificadora, de Sven Ove Hansson. Crítica, 27 de Agosto de 2004.
  41. Ciência, Erro e Fundamentalismo, de Umberto Eco. Crítica, 16 de Setembro de 2004.
  42. Depois da Viragem Linguística?, de Timothy Williamson. Crítica, 26 de Agosto de 2004.
  43. Ensinar Filosofia, de Jack MacIntosh. Crítica, 21 de Agosto de 2004.
  44. Pseudofilosofia, de Nicholas Rescher. Crítica, Abril, 2000.
  45. Recensão de A Brief History of Western Philosophy, de Andrew Carpenter. Disputatio 7, 1999
  46. Racionalidade e Realismo: O Que Está em Jogo?, de John R. Searle. Disputatio 7, 1999.
  47. O Que é a Ciência?, de Paul Davies. Crítica, 1999.
  48. Como é a Filosofia Analítica Possível?, de Simon Blackburn. Disputatio 4, 1998.
  49. O Que o Embuste de Sokal nos Deve Ensinar: As Consequências Perniciosas e as Contradições Internas do Relativismo "Pós-Moderno", de Paul Boghossian. Disputatio 2, 1997.
  50. Fé na Verdade, de Daniel C. Dennett. Disputatio 3, 1997.
  51. O Paradoxo da Pergunta, de Ned Markosian. Disputatio 1, 1996.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como Ler Bem e Rapidamente

Estudos de Linguística

Qual o melhor aplicativo para leitura no tablet?

Qual é o melhor e-reader?