Estudando Línguas e Temas Diversos


Visite o Canal Estudando Línguas e Temas Diversos (Powered Leco) e assista nossas videoaulas


sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

10 dicas de como realizar a leitura de um livro

Lendo as mensagens dos Grupos do Google, encontrei uma que apresenta 10 dicas de como realizar a leitura de um livro, ou seja, como ler um livro. Achei o texto muito interessante, mas como nada é perfeito e acabado, fiz algumas inclusões e exclusões que, acredito, contribuirão para o melhor entendimento deste tema.


1. Não se irrite com facilidade

Procure ler com curiosidade e expectativas razoáveis. Muitas obras principiam por uma contextualiação dos personagens e do ambiente e ações mais importantes ficam reservadas para o final. Se a obra não prender sua atenção, não perca tempo e não continue sua leitura: existem outros livros mais interessantes. Muitas vezes nos enganamos na escolha de livros pois o títulos e a sua orelha muita vezes nos engana. 

2. Escolha a edição mais recente, se for possível

Busque a edição mais recente do livro que gerealmente apresenta uma boa introdução, o que torna mais fácil sua compreeção. Boas introduções explicam o contexto histórico, os fatos mais importantes da obra, a vida do autor, a estrutura, o estilo e muito mais. As últimas edições, geralmente são revistas pelos autores mediante ajustes nos texto, como fez, por exemplo, Freud, em Totem e Tabu.

3. Não interrompa a leitura para buscar palavras no dicionário

Leia a obra por capítulos, sem interrupção. Não pare no meio deles para consultar o significado de alguma. Faça isso só depois de concluir a leitura de todo o capítulo. Apenas consulte o dicionário durante a leitura se a palavra em questão apareça muitas vezes no capítulo e seja essencial para a compreensão do texto. Não é importante entender o significado de cada palavra, mas a mensagem das frases. Conhecer o vacabulário é importante, mas não essencial. No seguimento do texto, muitas vezes fica evidende o significado de alguma palavra não entendida quando citada pela primeira vez.A própisto, muita palavras não usuais não são encontradas em nossos dicionários mais recentes; apenas nos antigos. Se a obra for de cunho filosófico, compre antes um dicionário de filosofia pois será necessário o conhecimento de palavras de uso peculiar a este tema.

4. Faça anotações

Fazer anotações ajuda muito, especialmente quando a obra tem muitos personagens e palavras não usuais. Você pode simplesmente anotar as coisas que mais chamam a sua atenção.. Outra dica é fazer um breve resumo ao final de cada capítulo, ou no final do livro como fazia Montaigne, e ainda, fazer anotações do significado das palavras não usuais nas margens da páginas. Lembre-se: você comprou o livro para ler e entender seu conteúdo e não para revendê-lo.  

5. Identifique os temas

Geralmente, há temas e subtemas. É preciso identificá-los. Observe as passagens mais importantes do texto e que afetarão a compreeção do restante do texto. Muitas vezes o escritor fica um blá-blá apenas para justificar o número de páginas do livro e reserva uma proposição essencial em apenas um parágrafo. Você debe estar atento para saber diferenciar isso e identificar o ponto essencial.

6. Analise os personagens e o narrador

Quem é o protagonista da obra? Às vezes, o autor dedica muito tempo a descrever os personagens. É preciso determinar quem é o narrador e quais são os personagens. Provavelmente, o narrador é um dos personagens, mas também pode ser apenas uma voz onipresente. Quando a obra tiver muitos personagens como Cem anos de Solidão, traçe um esboço de árvore genealógica para entender a evolução e o relacionamento entre seus personagens. Tente imaginar o perfil de cada personagem, mediante atenção nas suas descrições; algumas são espetaculares como as decrições Balzaquianas.

7. Preste atenção em como a história é narrada

Além de fixar o nome dos personagens e o papel do narrador da história. tente entender também como essa história é narrada na sua linha do tempo. Muitas vezes a narração não é linear, ou seja, não se conta os fatos em ordem cronológica. 

8. Preste atenção ao estilo de linguagem

É uma linguagem coloquial ou formal? Existe alguma conexão entre o argumento e o estilo? Você deve notar, por exemplo, se há muitas descrições ou uso de metáforas no texto, o que pode dificultar o entendimento das mensagens. 

9. Considere o contexto histórico

É importante considerar a situação política, econômica e social em que a obra foi escrita, assim como os movimentos culturais vigentes da época. Muitas obras são escritas como decorrência de um debate, de uma controversia, de uma celeuma vigente na época em que a obra foi escrita. Ao lado disso, procure também conhecer a biografia do autor consultando a Wikipédia e outros livros.

10. Compare o texto com outros do mesmo autor

Comparar o texto literário que está lendo com outros do mesmo autor ajuda a determinar se houve alguma evolução. Ajuda a entender se o texto se encaixa em algum movimento literário. Procure também saber em que fase da vida do autor a obra foi escrita e como foi acolhida pela crítica, pois, em geral, as obras escritas na sua juventude são menos reflexivas que as escritas nos últimos tempos da vida do autor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como Ler Bem e Rapidamente

Estudos de Linguística